FANDOM


A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias, como foi nomeada pelo próprio Deus, tem sofrido perseguições constantes em toda a sua existência. Não é novidade para nenhum membro da Igreja que, apesar dos constantes esforços, alguns ainda não vejam a Igreja como ela realmente é. Perguntas cabeludas que exigem respostas mais cabeludas ainda são feitas a membros que possuem poucoa ou nenhuma instrução a respeito de como responder a estas perguntas. Mais ainda, panfletos, movimentos e até filmes são feitas com o propósito de denegrir a Igreja e, se possível for, destruir a fé dos que não sabem o que responder.

Antes de começar, quero explicar o propósito real desta página. Aqui, como eu disse na página inicial, não é um lugar para debates. Existem fóruns e mais fóruns exclusivos para debater assuntos da Igreja. Aqui é um lugar para aprendizado. É por isso que eu criei, após lutar um pouco comigo mesmo, a página de Apologia. "Apologia" é simplesmente o ato de defender alguma coisa. No caso, esta página está repleta de artigos defendendo a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias. Eles servem para prover respostas para as pessoas que não sabem responder, ou mesmo para alguns professores que têm estas perguntas trazidas a eles em sala de aula. Mas eu repito, esta página não tem propósito de atacar ninguém. E eu, pessoalmente, gostaria que as pessoas de outras denominações dessem uma lida neste site. Se elas não entenderem nada, então tem alguma coisa errada com aqueles dois globos encaixados na parte frontal da cabeça...

Eu quero explicar o formato das páginas aqui. Primeiramente, o título delas pode ter três formas:

1 - Eles podem falar sobre um assunto em particular, por exemplo, "Lista das profecias cumpridas de Joseph Smith". Neste caso, o texto simplesmente abordará, com o máximo de detalhes que couber à situação, o tema sugerido.

2 - Eles podem começar com uma pergunta, como "Qual a relação dos Mórmons com a Poligamia?". Neste caso, a página trará a pergunta na primeira linha (subtítulo "A Crítica"). Em seguida, o texto aborda os argumentos dos que atacam o ponto de doutrina, com o máximo de detalhes que pudermos colocar, seguindo as diretrizes do site (subtítulo "O Argumento"). Então, o texto aborda a resposta apropriada para a pergunta, com referências de escritura no corpo do texto para consulta rápida (subtítulo "A Resposta"). O texto das escrituras não estará disponível por questões de espaço.

3 - Eles podem conter uma série de perguntas, como em "As 10 perguntas mais feitas para um Mórmon". Neste caso, diferente da forma 1 e 2, as perguntas são respondidas diretamente, podendo abordar mais de um ponto de doutrina.

As respostas não abordarão, de forma alguma, o nome de nenhuma denominação religiosa, seja ela qual for, que não seja a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias.

A minha esperança é que as coisas que forem apresentadas aqui sirvam para um bom propósito. Assim, como disse certa vez um pensador anônimo, "O mal não reside na ferramenta, mas na mente que usa a ferramenta".

Sem mais, vamos a elas!

O Livro de Mórmon "adiciona" ou "retira" algo da Bíblia?

Por quê os Negros não recebiam o Sacerdócio antes de 1978?